Postagens

Mostrando postagens de 2013

TURMA QUE CONCLUIU MEU ÚLTIMO CURSO DE TEATRO EM NOVEMBRO DE 2013

Imagem
Milton, Fernanda, Arnoldo, Pablo, Carla, Vítor, Gabriel, Cláudia, Beto e Ellen que não está na foto.

LEITORES DE CANAVIEIRAS. SEXTA-FEIRA ESTAREI FAZENDO UMA VISITA À ESTAS TURMAS

Imagem
RESPOSTA: Olá, Cléa Luíza, obrigado por sua carta. Terei o maior prazer em ser seu amigo e poder compartilhar minhas histórias com você. 

LANÇAMENTO DE O SANTO DE MÁRMORE

Imagem

BATE-PAPO COM LEITORES

Imagem
Escola São Francisco de Assis/Ilhéus

 Alunos da Escola Criativa/Ilhéus




Mural de leitores fiéis na Escola Criativa coordenado pela professora Klaudia Malta

ENCONTRO COM ESCRITORES NA TENDA

Imagem
Neila Brasil, Joilson Maia, Silvia Kimo e eu no Encontro com Escritores, realizado pela Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, no último dia 31 de outubro. Foi um debate bacana discutindo sobre a literatura infantojuvenil regional e o contexto escolar.

CONVITE DA ACADEMIA

Imagem

TEM ENCONTRO DE ESCRITORES NA TENDA

Imagem

OBRIGADO, CASTELO NOVO!

Imagem
História em quadrinhos que os adolescentes fizeram sobre mim
O dia em que todos os jovens descobrirem que a leitura engrandece a alma, abre portas e apresenta o conhecimento, não teremos mais problemas com drogas, violência e preconceito. Acredito que os professores do distrito de Castelo Novo, (distante 25km do centro de Ilhéus) sobretudo a educadora Rita, pensa assim. O programa de incentivo a leitura e valorização do autor regional é sempre um trabalho de conclusão das atividades letivas naquele lugar. Pela segunda vez sou o autor escolhido para mostrar aos jovens que ler é sempre uma viagem, uma aventura ao conhecimento, uma janela para alma. Os meninos e as meninas, do sexto ao nono ano, criam paródias, escrevem poemas e músicas, fazem teatro e até dançam retratando as obras que eles leram durante todo o semestre. Ficam ainda mais encantados quando descobrem que em O Tesouro Perdido das Terras do Sem Fim parte da trama se passa em Castelo Novo, na fazenda Almada. Explico-lhes que …

LANÇAMENTO!

Imagem
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

ISAQUE

Imagem
Isaque estava na fase final. Do nariz escorria um sangue pastoso e a pele estava marcada com pústulas. Uma dor súbita atingiu-lhe o estômago. Ele gritou. Jacó se aproximou, pronto para ampará-lo, como fazia quando criança. Isaque estendeu uma das mãos, não permitiu que ele se aproximasse. Mas, Isaque era seu filho, seu único filho. O filho que Deus lhe dera na velhice, o filho que Deus agora requeria. Assim como Abraão, ele teria que sacrificá-lo. Não havia escolha, não havia outra saída. Jacó estendeu a arma mais uma vez, apontou para a cabeça do filho. Os poucos raios de sol que ousavam penetrar pelas frestas das tábuas, tentavam timidamente iluminar aquele pequeno ambiente. As pernas de Jacó fraquejaram. Ele tentou inutilmente manter-se de pé. Porém, a gravidade o puxava. As mãos mal podiam segurar a arma. As lágrimas embaçavam os olhos. Jacó, como Abraão, julgava que Deus era poderoso assaz para até dos mortos ressuscitarem Isaque. Apesar da fé, a dúvida o assolava. A dúvida, que s…

EM PRIMEIRA MÃO UMA ILUSTRAÇÃO INACABADA DO MEU PRÓXIMO LIVRO INFANTIL

Imagem
Dai Santos será o ilustrador do livro "O Menino que sonhava com dragões," que deverá sair em novembro pela Via Litterarum. A ilustração está em preto e branco, depois ficará colorida. O desenho mostra o dragão engolindo o gato Zico, de Patrick.

A REVISTA BAHIA MAG PUBLICOU ESTA MATÉRIA SOBRE MEU TRABALHO

Imagem
Revista Bahia Mag, Edição 03, Agosto de 2013.

A LENDA DO CACAU ESTÁ CHEGANDO

Imagem
Em breve, eu espero poder trazer para crianças, jovens e adolescentes, meu mais novo espetáculo infanto juvenil: “A Lenda do Cacau.” Texto que saiu recentemente do forno e que conta a história de Kukulkan, fugitivo da Terra dos Filhos do Sol, que foi enviado por Coração do Céu, para levar a árvore Cacau ao Vovô Tula, o único capaz de multiplicar a semente dos deuses. No caminho, Kukulkan encontra Théo e Maya, netos de Vovô Tula. Juntos, eles terão que atravessar a Floresta da Lua Cheia, protegida pela Caapora, que abandona o fumo para se deleitar em bombons de chocolate, à procura de seu avô, antes que sejam capturados pelo malvado anjo negro Jabalu. Entretanto, a história está apenas começando. Eles ainda precisam enfrentar um dos mais populares e espantosos entes fantásticos das matas brasileiras, o Curupira, e descobrir as razões que levaram Vovô Tula a pedir que sua filha batizasse o neto de Theobroma antes que Kukulkan e Jabaru se encontrem para um grande duelo. O texto, recheado …

LEIA UM TRECHO DE "A BATALHA DOS NADADORES"

Imagem

CARTA DE UMA LEITORA DE ILHÉUS

Imagem
Cara Fabrini,
Que bom que você gostou de ler "O Caminho de Volta". Ao afirmar que quando começa a ler o livro imagina que os gansos estão ao seu lado isso me faz crer que você se envolveu de corpo e alma na trama. E esse foi meu objetivo ao escrevê-lo. Quero muito ver o telejornal. Já combinei com sua professora que farei uma visita à vocês no mês de julho. Só estamos amarrando as datas. 
Quanto à minha inspiração, ela parte das pessoas que estão mais próximas de mim ou até mesmo das pequenas coisas que nos ocorrem no dia-a-dia. Muitas vezes não damos valor "as pequenas coisas", como um "bom dia" a um amigo, por exemplo. Eu valorizo muito isso. Uma outra coisa que gosto de fazer muito é batizar os personagens com nomes de pessoas que eu conheço ou que são do meu círculo familiar, como a gansa "Vivi". Este apelido é da minha esposa Viviane. E a personagem foi inspirada nela. Juninho foi baseado no meu sobrinho, Patrick e assim por diante. Inclusive…

DO LIVRO INÉDITO "PÉROLAS AOS PORCOS"

Imagem
BOOMERANG Os inimigos dormem em camas de vidro. Quando eles jogam pedras no seu telhado, Repousam como se os seus aposentos Não fossem se despedaçar.

LEIA O CAMINHO DE VOLTA

O CAMINHO DE VOLTA

Imagem
O maior prazer do escritor não é publicar um livro. Sua maior satisfação é saber se o seu livro é lido. Melhor ainda é ter retorno sobre o que você escreveu. E foi isso que fizeram os estudantes da rede pública de ensino da Escola Nucleada de Castelo Novo. Orientados pela professora Rita Aparecida, eles voaram junto comigo para fugir de um rigoroso inverno canadense, em busca de abrigo e alimento. O inverno frio, com contínuas tempestades de neve os forçava a emigrar. Claro que não estou falando dos estudantes da Rua Napoleão Loureano, do distrito de Castelo Novo, (que também já foi cenário de um dos meus livros: “O Tesouro Perdido das Terras do Sem Fim”), mas, dos gansos Ivan, Vivi, Coró, Tárcia, Cláudio, Osmar, Juninho e Gambão personagens do livro “O Caminho de Volta”, adotado pela professora. Recebi de Rita uma dezena de cartas me convidando para visitá-los. “Será de grande honra para mim e meus colegas”, diz Fabrini Gomes, uma das alunas; “Li o livro O Caminho de Volta e gostaria …