IMORTAL

Abel Pereira, um dos fundadores da ALI


Pois é. Acabei sendo eleito para a Academia de Letras de Ilhéus. Irei ocupar a cadeira número 13. A mesma que pertenceu ao escritor Jorge Amado e depois a escritora Zélia Gattai. Agora sou - como são chamados os eleitos para a Academia de Letras: IMORTAL.

Pode ter certeza que todas essas bençãos (prêmios, eleição, lançamento de livros) é fruto de um trabalho que já beira quase três décadas. Aprendi nas tribulações, nas vitórias, nas lutas. Sobretudo, nas tribulações, pois, como diz o apóstolo Paulo na carta aos Romanos: "...a tribulação produz a paciência; e a paciência, a experiência; e a experiência, a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nosso coração pelo Espírito Santo que nos foi dado..."

Sei que ainda há muita coisa a conquistar. Sei também que tudo isso é apenas o começo. Foi por tudo isso que nunca perdi a esperança.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Conflito Dramático

AS DOCES AMARGAS MEMÓRIAS DE PEDRO E ALICE